• Habitação e Urbanismo

Habitação e Urbanismo

03/03/2020

Gaema e Polícia Ambiental prendem responsável por loteamento ilegal

O Ministério Público do Paraná, por meio do núcleo de Curitiba e Região Metropolitana do Grupo de Atuação Especializada em Meio Ambiente, Habitação e Urbanismo (Gaema), em conjunto com o Batalhão de Polícia Ambiental Força Verde, da Polícia Militar, cumpriu na manhã desta terça-feira, 3 de março, mandado de busca e apreensão em uma residência e em um escritório comercial.

O alvo da Operação Quimera, conforme foi batizada a ação, foi um homem investigado por haver iniciado a implantação ilegal e a venda de lotes de um empreendimento clandestino na zona rural de Rio Branco do Sul, ao lado do Monumento Natural Gruta da Lancinha.

Durante o cumprimento do mandado, o suspeito tentou fugir, mas foi perseguido pela polícia, capturado e preso em flagrante. Ele é investigado pela prática de crime de loteamento ilegal, crime contra a relação de consumo, crime ambiental e possíveis crimes de estelionato. Com a conclusão das investigações, incluindo a análise do material recolhido na operação, será oferecida denúncia criminal pelo MPPR.

Informações para a imprensa:
Assessoria de Comunicação
(41) 3250-4249

Recomendar esta notícia via e-mail:
Captcha Image Carregar outra imagem